Porque não eu?

Porque não eu?

Olá,

O questionamento "porque não eu" pode nos ajudar a enxergar muitas possibilidades de realizações.

Por muitas vezes comparamos os nossos resultados com de outras pessoas, a partir disto, podem surgir sentimentos de inveja ou de empolgação.

Olhar para os resultados de outros com frustração é se jogar a beira de um precipício que dificilmente terá volta.

Dentro destas situações os questionamentos podem nos impulsionar para melhor ou pior. O segredo é utiliza-los como trampolim para alavancar nossas performances.

Te desafio a lembrar de alguém que tenha resultados que um dia você gostaria de ter, ao olhar para a vida e os resultados desta pessoa, você vai se perguntar: "Porque não eu?", reflita sobre isso.

O objetivo não é utilizar a reflexão para inveja ou malicia, mas é chamar a própria atenção, porque você também nasceu para desfrutar dos benefícios da vida, e trazer a sua consciência que você não é engessado(a) a ponto de não conseguir seguir em frente. 

Jesus foi o maior líder da história e acredito que seu modo de viver pode nos ensinar muito.

Devemos lembrar que Jesus poderia ter feito o mesmo questionamento quando se doou para ser o sacrifício que salvaria a humanidade.

É claro que isso não está escrito, mas podemos fazer esta interpretação com base nas informações que estão disponíveis.

Jesus utilizou este trampolim para realizar uma missão que fosse além dele. Utilize também esta reflexão para atingir coisas que vão além de você.

Você nasceu com um propósito maior!

Leia também:

O poder das declarações 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A obediência a Deus

Como entender os propósitos de Deus

O que é vida cristã