Deus não vê como o homem vê

Deus não vê como o homem vê

Porque o Senhor não vê como vê o homem, pois o homem vê o que está diante dos olhos, porém o Senhor olha para o coração. 1 Samuel 16.7b


Ao longo de toda a bíblia vamos entender o quanto Deus se importa com o coração do homem. Ao enviar Samuel para ungir um rei que substituiria Saul, Deus revela algo interessante para Samuel, naquele dia o profeta entende que o coração era a coisa mais importante em um homem perante Deus.
Conhecemos Davi por ser o homem segundo o coração de Deus, mesmo que tenha cometido adultério e homicídio, Davi é conhecido por ser ainda segundo o coração de Deus. Como isso pode acontecer? Como tal pessoa não é lembrada pelo seu pecado?

Naturalmente os homens se lembram de nossos erros, mas porque o erro de Davi não se torna tão relevante quando falamos dele?

Quero que entenda hoje a importância de ter um coração ligado a Deus.

Vários versículos apontam o coração como fonte de desejos e através deles vamos entender a grande importância. Logicamente a bíblia não está se referindo ao órgão, mas a alma, onde a teologia aponta que ela é o centro de nossos sentimentos, a saber os desejos e decisões, resumindo podemos dizer que são as emoções. Vamos aos versículos.

Deuteronômio 6.5

Amaras, pois, o Senhor teu, Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu entendimento. O amor a Deus envolve tudo na nossa vida.

Salmos 51.10a

Cria em mim, ó Deus um coração puro. Se você tivesse que mudar algo, o que você pediria a Deus? O Salmista pediu um coração puro, porque ele sabia que este era a fonte dos desejos.

Provérbios 4.23

Sobre tudo o que deve guardar, guarda o teu coração, porque dele procedem as saídas da vida. Olhe que interessante, o mais importante a ser guardado não é o dinheiro (comparando os dois), mas é o coração! Porque é através dele, que podemos obter controle da nossa vida.

Provérbios 16.9

O coração do homem considera seu caminho, mas o Senhor lhe dirige os passos. Aqui está se referindo a decisões.

Conseguiu perceber o quão o coração é importante? Vamos então, tentar entender o que Davi tinha de especial.

Quando falamos de coração, podemos lembrar de amor, isso nos leva diretamente a pensar em relacionamento, onde, as duas partes se completam, sendo assim, podemos concluir que a uma conexão. (não me refiro a relacionamento conjugal)

A palavra Hebraica para coração é “Lev”, a primeira letra é representada por um cajado, símbolo de autoridade. Por incrível que pareça, os pastores de ovelhas usavam este objeto para direcionar o rebanho. Davi compartilhava do mesmo sentimento de Deus!

Já conseguimos perceber algo muito peculiar. Deus era pastor de Israel, Davi pastor de ovelhas. Deus fez de tudo para livrar seu povo, Davi enfrentou feras para livrar seu rebanho. Davi estava totalmente ligado a Deus, por isso Deus o escolhe como rei, porque só alguém que consegue entender o sentido de cuidar, poderia ser um bom rei.

Na tradição Judaica, eles acreditam que no começo do mês de Elul (que é o último mês do calendário judaico) estão “costas com costas”, e no final eles estão “face a face”. Esta tradição implica se voltar para Deus, quando estamos de costas podemos entender que a outra pessoa pode estar da mesma forma, assim, começamos a julgar o relacionamento pela nossa condição.

Este mês era utilizado pelos Reis, que costumavam sair do castelo e armar a tenda em um campo para atender o povo. Daí a expressão “O Rei está no campo”, porque quando chegava este dia tão esperado, o povo começava a exclamar esta frase.

No mês de Elul, os Judeus entendem que Deus está no campo para atender ao seu povo. Por isso quando estamos de costas é preciso se virar, e só assim poderemos desfrutar de um relacionamento muito íntimo com Deus. Por quantas vezes você chegou a pensar que Deus estava de costas? E por esta situação do seu pensamento, decidiu se afastar mais? Quero lhe dizer que Deus está no campo para poder lhe atender.

Sabendo disso, podemos entender o quanto Davi possuía um relacionamento muito íntimo com o Pai. 

Todos os dias Davi estava no campo. Além de compartilhar dos mesmos sentimentos, Davi ele não estava de costas para Deus. Por isso, ele sabia que se arrependendo do seu pecado, Deus, não iria virar as costas para ele.

Davi continua até hoje conhecido por ser o “homem segundo o coração de Deus”.

Isso se dá pelo fato do seu coração está totalmente ligado a Deus, veremos que Davi era capaz de qualquer coisa para proteger o nome de Deus (não que Deus necessite disso). Ao chegar no campo de batalha, Davi questiona: “Quem é este incircunciso, para afrontar o Deus vivo?” Que nível de relacionamento! Quando Deus precisou de um representante Davi estava lá, mesmo com suas limitações, Davi decidiu enfrentar o gigante porque ele afrontava a Deus.

O relacionamento fica mais evidente quando Davi peca, mesmo tendo a consequência do pecado, Deus o perdoa! Se o coração está ligado a Deus, o pecado não altera a natureza do relacionamento.


Deus está no campo, fica com você a decisão de dar as costas ou não, para viver algo extraordinário com nosso Pai.

Veja Também:

O que é o Evangelho da Salvação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A obediência a Deus

Como entender os propósitos de Deus

O que é vida cristã